Segunda-feira, 27 de Agosto de 2007

1º Concurso Miss Antiartviral (o PORCO mais bonito) que nos perdoem os porcos, não estes...

Com grande orgulho temos o prazer de anunciar o primeiro concurso Miss Antiartviral (o PORCO mais bonito). Depois de longíssimas e desgastantes fases de pré-selecção, escolhemos um conjunto de misses que preencheram todos os exigentes requisitos de filha da putice necessários para se apresentarem na fase final deste glamouroso concurso. Queremos desde já agradecer e transmitir força a todas as meninas (sacanas de merda), que não foram aprovados e que continuem a trabalhar no sentido de poderem, quem sabe, ser elas as escolhidas nas próximas edições desta festa de beleza.

Apresentaremos a partir desta semana, duas candidatas por semana, por forma a que todos os visitantes do nosso blog as possam apreciar devidamente, para sobre elas poderem fazer um juízo aturado. Os visitantes deverão, se pretenderem participar activamente na escolha da miss Antiartviral (o Porco mais bonito), votar as vezes que entenderem, deixando o seu voto na caixa de comentários dos posts, agradecemos que deixem tambem um breve ou longo comentário explicativo da vossa escolha, por forma a tornar mais interessante este concurso. Saudações virais!

 

Em baixo as duas primeiras divas!

 

 

 

 

 

 Dolfinha - concorrente nº 1

 

 

 

 

Zefa - concorrente nº2

publicado por Semeador de Favas às 14:42
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 22 de Agosto de 2007

O Triunfal e Lendário Regresso dos Cavaleiros do Antiartviral (não, não estamos mortos...ainda)

Saudações virais, caros amigos e detractores do antiartviral, é com um sentimento de felicidade insustentável que anunciamos o nosso  muito aguardado regresso ao mundo dos vivos, após uma descida órfica aos infernos (esfíncteres anais), de onde conseguimos resgatar com sucesso a nossa Eurídice ( mais posts que nada acrescentarão à merda a que vos habituámos). Sentimos muito, leais antiartviralianos, se de alguma forma deixámos que se tivesse disseminado entre as ostes inimigas a ideia (calúnia) que nos tinhamos rendido, desistindo assim da luta a que nos propusemos desde o início (já não nos lembramos qual foi). A esses caluniadores dizemos " Jamais, Jamais !" .Continuamos a ser o farol dos inuteis, o comboio supersónico dos dispensáveis, a sopa de legumes dos marginalizados/coitadinhos e o iceberg na rota do Titanic dos "Artistas" entre aspas...Estamos de volta depois de quase termos perecido nas épicas batalhas contra os que nos ameaçavam na nossa  integridade moral e anti-sei-lá-eu-o-quê, os inimigos internos (vermes que nos estavam a comer por dentro, principalmente na zona do fígado) e externos (necrófagos que já nos julgavam mortos estando nós simplesmente em penosa ressaca )...a todos levámos de vencidos por termos lutado de brava e inteligente maneira (disfarçando-nos por vezes de arbusto,  construíndo animais, principalmente gastrópodes tipo caracól ou lesma de madeira- tipo-cavalo-de-tróia e claro usando todo o equipamento de segurança necessário, capacete, cotoveleiras joelheiras, pílula, etc.)...Estamos de volta depois de sucessivos raptos por parte de seres alienigenas, que nos obrigaram a fazer cópias de pinturas impressionistas para decorarem as paredes dos ovnis, sob ameaça de nos introduzirem objectos contundentes no anús, o que poderia causar danos irreparáveis nas nossas ideias...Estamos de volta depois de tentativas falhadas de desintoxicação (somos um caso perdido)...Estamos de volta depois de tentativas falhadas de normalização (somos um caso clínico)...Estamos de volta depois de umas férias no Algarve (somos um caso de mau-gosto crónico)...Estamos de volta porque sim,  porque não temos nada melhor para fazer e porque não conseguimos arranjar uma vida nem namorada. Finalizamos deixando uma mensagem às novas gerações nas sábias palavras do grande Luiz Pacheco. - "PUTA QUE OS PARIU".      

publicado por Semeador de Favas às 14:48
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 1 de Agosto de 2007

3º Poema Nadaísta (homenagem amorosa/escatológica às pitas malucas)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                                                                .

sinto-me: cinzento
música: eu tenho dois amores
publicado por Semeador de Favas às 22:21
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

.HINO AAV "ainda indefinido"

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Memento Mori

. Retro-escavadora-spectiva...

. história aav

. O auto-flagelamento públi...

. Manifesto em Dó Maior: Li...

. A Doutrina Peixe-Aranha!

. Hino concreto ANTIARTVIRA...

. Antiartviral- Ars Anarchi...

. Diário de Bordo- expediçã...

. AntiArt Viral- Uma estrat...

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Maio 2009

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

.links

.contador


Contador Gratis