Terça-feira, 31 de Julho de 2007

Ultimato aos dirigentes do antiartviral pelo Grupo Dissidente do Antiartviral

Caras massas revoltosas (esparguete, cotovelos e etc) em molho de tomate, é a vós que nos dirigimos neste manifesto, este é o nosso uivo de vitória, o nossa secreção prostática revoluçionária, o nosso comprimido para a azia anti-artistica (antiartviraliana).

È com um sentimento de ódio generalizado aos autores do antiartviral, que anunciamos que os movimentos militares/virtuais para ocupar os terrenos ciberespaciais em que este blog opera foram iniciados, e que os seus dirigentes, Laranjacarevolta, Hugo Balla, Pinano entre outros, deverão capitular num espaço de 48 horas, tácticas defensivas típicas destes individuos, como meter a cabeça no cú (versão softporn da metáfora da avestruz que escondia a cabeça debaixo de água), não nos demoverão do nosso objectivo principal, instaurar uma democracia da arte, através de uma ditadura do bom gosto e do bom senso inspirada nos ensinamentos espirituais e filosóficos do Arteoriginal, mas entendidos de forma radical e á luz das lâmpadas de baixo consumo que iluminam as suas cabeças (vejam o maravilhoso manifesto publicado no artoriginal, o Manifesto dado Às cores). As razôes que nos levaram a constituir este grupo dissidente são nobres e verdadeiras, tais como as ideias de artoriginal sobre o preto e o branco, e baseiam-se no nosso profundo descontentamento em relação à direcção tomada, ideológica e artisticamente, pelos dirigentes do antiartviral, que se renderam incondicionalmente ao absurdo e a conteúdos marcados pela mediocridade, patente nos posts, que um atrás do outro se vão tornando cada vez mais vazios e idiotas. Não é de animo leve que tomamos a decisão de partir para uma solução militar, pois estes individuos foram em tempos nossos amigos e camaradas e pessoas que respeitávamos, sentimos, assim, que a nossa acção é marcada por um sentimento mesericordioso para com estes degenerados wanna-be antiartist, trata-se de praticar eutanásia a um animal de estimação doente e em extremo sofrimento.

Durante muito tempo tentámos uma solução diplomática e pacífica para as nossas divergências, mas nunca notámos o mais leve sinal de mudança na atitude do corpo dirigente, que continuou, ignorando as nossas mais sinceras críticas em relação aos conteúdos, seguindo o caminho do definhamento intelectual.

È por não conseguirmos mais suportar esse tipo de comportamento e por acreditarmos que é possivel fazermos melhor do que o que até aqui foi feito, que preparamos todas as nossas forças para o assalto final a este antro de viboras, que é o antiartviral, conduzido pela actual direcção. Aproveitamos para lançar o apelo a todos os bravos soldados que se queiram alistar nas nossas heróicas fileiras...contamos convosco.   

publicado por Semeador de Favas às 14:49
link do post | comentar | favorito
|

.HINO AAV "ainda indefinido"

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Memento Mori

. Retro-escavadora-spectiva...

. história aav

. O auto-flagelamento públi...

. Manifesto em Dó Maior: Li...

. A Doutrina Peixe-Aranha!

. Hino concreto ANTIARTVIRA...

. Antiartviral- Ars Anarchi...

. Diário de Bordo- expediçã...

. AntiArt Viral- Uma estrat...

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Maio 2009

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

.links

.contador


Contador Gratis